[RTVI #1] Nova coluna: RTVI (Rádio, TV e Internet)

by - 6/17/2014


Em fevereiro de 2013, com 22 anos de idade, eu comecei a minha tão sonhada faculdade de Rádio, TV e Internet (RTVI) na Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul).
Tenho aulas no período noturno no Campus São Miguel Paulista, São Paulo/SP.
Como são quatro anos de curso, eu terminarei os estudos em dezembro de 2016, quando terei 26 anos.

Estou muito feliz e satisfeita com a minha escolha de curso, sempre acho as aulas muito interessantes e fico querendo aprender o máximo que puder sobre os assuntos. Resolvi então trazer também essa parte da minha vida para o blog.

Criei essa coluna para falar um pouco sobre tudo o que eu aprendo em sala de aula, tanto teoria quanto prática, que é para vocês terem uma ideia de como é esse curso. Quem sabe vocês também se identificam, não é verdade?

Terminei o primeiro ano da faculdade, e a maior parte dele foi de teoria: história dos meios de comunicação, como funcionam as gráficas, a mídia, o público-alvo e algumas aulas de português básico. Juntaram nossa turma com os também iniciantes do curso de Publicidade e Propaganda, afinal são todos estudantes de Comunicação Social.

Mas a partir do segundo ano, onde estou atualmente, a gente começou a ir para a prática, aprender a editar fotos e vídeos, mixagem de som, escrever roteiros, visita aos estúdios de fotografia, rádio e TV etc. E claro, separaram as turmas de RTVI e PP, afinal cada um vai começar a aprender coisas específicas do seu curso.


O que me levou a escolher Rádio, TV e Internet?

Quando eu tinha dezessete anos e estava no terceiro ano do ensino médio, um amigo levou para a escola a revista Guia do Estudante onde apresentava os vários cursos que existiam e em quais faculdades do país eles tinham. Li essa revista do começo ao fim e me identifiquei muito com Rádio e TV. Achei fascinante esse curso e deixei como minha segunda opção. A primeira era Artes Cênicas, meu sonho desde que eu tinha onze anos.

Quando terminei a escola, prestei Artes Cênicas para a Fuvest, mas não passei. Resolvi então passar um tempo fazendo curso profissionalizante de teatro, juntamente com uns cursos de inglês, espanhol e francês, e também trabalhando. Durante todo esse tempo, eu pensei bem e decidi que ser atriz não era exatamente o que eu queria para a minha vida profissional, por isso deixei isso como um hobby de que gosto muito. Passei então para a primeiríssima opção o curso de Rádio e TV.

Olhei várias faculdades e me decidi pela Unicsul, não só por conta da mensalidade que é razoável, mas também por causa da infraestrutura que é boa e também porque tem um diferencial, eu aprenderia sobre Internet também, que querendo ou não, está explodindo agora no século XXI.

Conheci colegas muito bacanas e professores ótimos, as aulas são muito interessantes. Os trabalhos são muitos, mas como se tratam apenas de assuntos do meu interesse, não estou reclamando.

Além das lições, provas e atividades normais, os professores nos falam para nos juntarmos num grupo todo semestre e passam um grande trabalho para apresentarmos no final do semestre e que representa boa parte da nossa nota.

Vou falar um pouco de tudo isso aqui, acredito que terá aquelas partes boas e as chatas também (porém, importantes), mas principalmente coisas que eu julgo muito interessantes.


Follow Me:

You May Also Like

1 comentários

  1. Sou simplesmente apaixonada por esse tipo de postagem, estou no segundo ano e estou começando a me preocupar com isso, procurando os cursos que mais tem haver comigo e etc. Quero muito fazer jornalismo, mas ultimamente estou meio desanimada sobre isso, li seu post e me encantei pelo curso, sou apaixonada por tudo isso de radio e tv, com certeza vou pesquisar mais sobre o curso, quem sabe não me identifico, né? Faça mais posts assim, vou adorar ler, já estou até seguindo para ficar por dentro dos novos posts. Beijos! Meninas Quase Invisíveis 

    ResponderExcluir