Minissérie: O Gambito da Rainha

17.7.21 Renata Carvalho 4 Comments



Gênero: Drama | Duração: 46-67 minutos | Criação: Scott Frank, Allan Scott | Baseado em: The Queen’s Gambit, de Walter Tevis | País de Origem: Estados Unidos | Classificação indicativa: 16 anos | Emissora: Netflix | Ano: 2020 | Temporadas: 1 | Episódios: 7 | Status: Finalizado

__________

Resumo:


Ambientada nos anos 50 e 60, O Gambito da Rainha conta a história de Elizabeth (Beth) Harmon (Anya Taylor-Joy), uma garota que ficou órfã aos 9 anos, mas que durante sua estadia no orfanato, descobriu seu talento para o xadrez. Ao longo de sua trajetória, Beth luta contra vícios em drogas e álcool para se tornar a número 1 do mundo nesse jogo.

__________



Resenha:


Essa é uma minissérie que deu o que falar quando estreou na Netflix em novembro de 2020. Estava sendo bastante comentada e elogiada em toda parte, atiçando a minha curiosidade e me fazendo assistir logo. Eu gostei tanto que também recomendei para todo mundo que eu conhecia, minha família mesmo adorou. Série boa é assim: quando é o boca-a-boca que leva as pessoas a assistirem, bem mais do que as propagandas e comerciais.

Toda a ambientação, os personagens, as histórias, críticas sociais conseguem te prender e te levar a refletir sobre diversas coisas. O absurdo que era dar tranquilizante para as crianças nos orfanatos nos anos 50, e o que choca é que isso acontecia de verdade.



A Beth sendo tão nova e já sendo tão boa no xadrez, as suas jogadas precisas e certeira é uma coisa que deixa a gente de queixo caído. Sua carreira no xadrez decolando e ela começando a se tornar cada vez mais conhecida mundialmente, ao passo em que precisa lidar também com seus vícios que vão se agravando.

O final é daquele tipo que te deixa completamente tenso, tudo na vida da Beth levou àquele momento e você fica sem conseguir relaxar pra saber se ela vai conseguir conquistar o que quer ou não.



Assim como um monte de gente, a minissérie também me deixou com vontade de voltar a jogar xadrez. Eu aprendi com meus pais quando era criança e gosto demais, sou até um pouco competitiva e não entrego o jogo fácil, luto até o fim, haha, embora eu nem me compare à Beth.

Enfim, essa foi a melhor minissérie que assisti em 2020 como falei no post Melhores do Ano 2020. Ela também foi bastante aclamada e recebeu diversos prêmios e elogios em toda parte, incluindo o Globo de Ouro 2021 de Melhor Minissérie ou Filme Feito para TV, e Melhor Atriz em Minissérie para a Anya Taylor-Joy (Beth Harmon). Mais do que merecido!




Gênero: Drama | Duração: 46-67 minutos | Criação: Scott Frank, Allan Scott | Baseado em: The Queen’s Gambit , de Walter Tevis | País de ...

4 comentários:

  1. Eu gostei bastante dessa série, achei que essa atriz ficou maravilhosa nesse papel! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, também curti demais tanto a série quanto a atriz, fui surpreendida muito positivamente e que bom né! ;D

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?
    Essa série está na minha lista de séries para conferir. Depois da sua postagem fiquei com ainda mais vontade de assistir.
    bjus
    AVA
    https://apenasava.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee! Assista sim que você vai adorar, altamente recomendada e super curtinha, só 7 episódios.

      Beijão!

      Excluir